Seguidores

Cantinho da Aracy Headline Animator

quinta-feira, 17 de abril de 2014

JESUS, a verdadeira Páscoa


Sabe o que é a Páscoa?

É passar da escravidão para a Liberdade, é ganhar vida!
Tem origem na antiguidade quando o povo foi liberto por Deus, através de Moisés, da escravidão do Egito conforme relata o texto de Êxodo 12.
Anos e anos passaram, o povo viveu inúmeras experiências, cumpriu liturgias, mas não viveu na prática o grande amor libertador do Senhor sobre suas vidas. Deus falou através de líderes e profetas, nada resolveu, chegou um tempo de silêncio, 400 anos.
Veio então o Cordeiro Perfeito de Deus, viveu, morreu e ressuscitou, aleluia!
Este Cordeiro Perfeito é JESUS, Ele verteu sangue na cruz por mim e por você e trouxe verdadeiro sentido à Páscoa.
Nele passamos da morte para a vida eterna, da escravidão para a liberdade.
Ele está vivo e quer que vivamos nEle, quer que ofereçamos nossos corações a Ele para que possa habitar em nós e assim viveremos a Páscoa para sempre.
Te convido a pensar nisto, JESUS é a verdadeira Páscoa!

Feliz Páscoa em JESUS
Com carinho, Aracy
17/04/2014

quinta-feira, 3 de abril de 2014

E a história deu nisso...

Olá gente

Há uns dias comecei a contar aqui uma história e disse que depois mostraria o resultado, promessa é dívida né? Então vamos lá.

Meu "fat quarter" de tiras azuis foi quiltado numa grande espiral:
Agora estava prontinho para as próximas etapas, resolvi fazer pequenas peças e colocar em prática diferentes ideias e técnicas novas, algumas a partir de modelos lindos que a gente vê neste mundo virtual e são "trocentas" coisas que vou salvando nas minhas pastas lá no Pinterest querendo correr pra máquina e fazer um montes delas...rsrsrsr.
Comecei com uma necessaire pequena que tinha curtido, segui as dicas deste tutorial: http://sewlikemymom.com/makeup-bag-tutorial/
Tinha dividido meu trabalho quiltado em duas partes quase iguais, desta primeira sobrou uma tira que rendeu mais duas peças pequenas e úteis

Uma moedeira e um porta celular. Estas três peças podem ter várias outras utilidades, enfim como diria uma música infantil antiga: "Use a imaginação, use a imaginação"
Despejei o vidro de botões azuis sobre a bancada de trabalho e fiquei ali brincando com eles, amo botões, acabei selecionando três florais que deram um charme extra a cada peça.

Passados uns dias voltei ao meu quilt de tiras, na véspera tinha gasto um tempo bom aqui assistindo alguns vídeos diferentes, resolvi fazer uma grande necessaire/estojo com alça a partir destas dicas
Foi de presente para uma sobrinha querida que fez aniversário na semana passada, creio que ela vai aproveitar bastante.

Restava um pedaço quase quadrado das tiras quiltadas, ontem fiz a última peça, mais uma necessaire e mais uma técnica aprendida neste vídeo.
O que vocês acham do resultado final da minha história?
Deixem um comentário, será gostoso ter sua opinião e quem sabe uma até uma crítica ou novas ideias.

Tenho muitas outras tiras e pedaços variados de retalhos, pretendo ir fazendo muitas outras peças e continuar aproveitando pra treinar o quilt livre, novas técnicas e assim terei pequenas peças prontas para venda no ateliê.

Ah! Te interessa alguma, estão disponíveis, pronta entrega, querendo pode comentar também.

Se Deus quiser daqui uns dias corro aqui com um post novo, já estou amadurecendo o tema.
Até outra hora.
Aracy

sexta-feira, 21 de março de 2014

Me inspirando na bisavó

Faz muito, muito tempo que não apareço por aqui, a correria da vida, as surpresas que nos pegam desprevenidas, por vezes a falta de tempo, de ânimo, enfim... dei uma sumida, mas agora estou aqui para contar uma história

Era uma vez... há muito mais tempo, num tempo em que não se usava régua, placa de corte e cortador circular, tinha uma moça que trabalhava no ateliê de um alfaiate, ela costurava e montava ternos, gravatas e sempre ficava de olho nos pedaços de tecido que iam sobrando, cortava quadradinhos, retângulos e tiras e nas horas de folga, criativa que só, ia unindo tudo e compunha lindas toalhas de mesa, mantas para os pés e outras peças.
Era muito caprichosa, fazia tudo forrado, usava galões contrastantes ou um delicado bico de crochê para dar acabamento.

O tempo passou, esta moça constituiu família, teve filhos, netos e muitos bisnetos, essa era minha bisavó paterna.

Creio que herdei seu talento e muito tempo depois comecei a fazer patchwork, num tempo de muitas técnicas e muitos acessórios específicos para alcançar resultados lindos, mas eu ainda curto as sobras, amo unir pedaços aleatórios de tecidos e criar composições.

Ontem subi lá no ateliê, peguei uma caixa cheia de tiras, separei as azuis e outras que tinham a cor azul em sua estampa ou xadrez e me inspirei nessa moça, comecei a unir as tiras, umas às outras, os pedaços menores com outros menores, os mais compridos com outros também compridos...
Costura, passa, costura, passa... e assim foi.

Hoje continuei, após unir e formar alguns "tecidos de tiras" fui alinhando e unindo um tecido ao outro e, no final tenho praticamente um "fat quarter" de tiras...rsrsrsrs

Bem, e agora?
Como este é um ano que tenho procurando treinar mais o quilt livre vou quiltar sobre manta e, depois de quiltado é só continuar usando imaginação e criar belas peças.

O meu pensamento vai voando...rsrsrs,  já imaginei uma almofadona, uma bela toalha de mesa com uma moldura larga e contrastante ou pequenas peças: necessaires, porta celular, porta óculos, moedeira... e por aí vai.

Por enquanto é um belo tecido de tiras, daqui uns dias continuo a história e mostro o resultado, ok?
Fica a dica, quem sabe você pode aproveitar suas tiras de tecido também.

Ah! No mosaico abaixo, foto 4, aparecem dois pedaços de tiras unidas que sobraram depois dos alinhamentos, estes voltam pra caixa, também serão úteis pra compor novas peças.


Louvo a Deus pelo talento de trabalhar com as mãos, pela capacidade criativa, por ter esta herança preciosa de uma bisavó que eu não conheci pessoalmente, mas que guardo no coração.

Enquanto junto retalhos para fazer algo novo lembro que quando nos entregamos a Jesus, Ele vai juntando, unindo as experiências de nossa vida e não importa como elas sejam Ele transforma tudo em algo novo, que ganha significado e que nos faz um bem imenso.

"Assim que, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo." (II Co 5.17)


sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Criando na cozinha - Bolo de fubá com banana

Oba! Hoje pela manhã o tempo na cozinha foi precioso, enquanto preparava um molho para o macarrão, separei os ingredientes pra fazer um bolo de fubá.
Queria uma receita diferente, dei uma bisbilhotada na internet e aí resolvi criar, "invencionar" e não é que ficou bom!!!

Já sei, querem receita, então anota aí, faz e depois me conta, combinado?

Untei a forma de furo com margarina, polvilhei fubá e reservei.

Bati no liquidificador:
3 ovos
1 xic de óleo
1 xíc de leite
1 1/2 xíc de acúcar
1 xíc de fubá
1 xíc de farinha de trigo integral
Estes dois últimos ingredientes juntei aos poucos.
Por último acrescentei 1 colh de fermento e um pouquinho de erva doce
Mais uma batidinha e despejei na forma.

Cortei sobre a massa duas bananas pratas em rodelas e apenas empurrei todos os pedaços de forma a ficarem mergulhados na massa.

Levei ao forno pré aquecido e assei por mais ou menos 40 minutos, até dourar e fazendo o teste do palito ele saiu sequinho.

No final da tarde um café fresquinho e era hora de experimentar o bolo que foi aprovado.

É isso, até a próxima!

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Um novo bolo de limão e...

Hoje meu dia rendeu bastante, comecei cedo na cozinha fazendo mil e uma coisas: cozinhando feijão, temperando carne que depois já foi pra panela e, em seguida queria fazer um bolo...se bem que estou precisando fazer compras, então as opções estavam reduzidas...rsrsrs.
Lembrei que tinha limão, mas as últimas vezes que fiz uma receita não gostei muito, fui atrás de outra e achei no site da Panelinha uma interessante, mas fiz algumas adaptações, ficou assim:

RECEITA:
Untei uma assadeira de furo com margarina e polvilhei farinha de trigo, reservei.
Bati na batedeira 4 colheres bem caprichadas de margarina, acrescentei 1 e 1/2 xícara de açúcar, bati bem! Acrescentei 3 ovos, um a um batendo bem entre os acréscimos, ainda batendo juntei:
2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de fermento
1/2 xícara de suco de limão
1/2 xícara de leite
raspas de 2 limões.

Tudo bem batido foi para a forma e assei em forno médio até dourar.
Ficou super fofo e um cheirinho maravilhoso do limão.

Enquanto assava o bolo arrumei as vasilhas plásticas no armário, fiz uma limpeza e tanto, como a gente ajunta coisa, nossa!

Terminei o almoço, filhão primogênito veio almoçar conosco e quando terminamos de comer o maridão sugeriu de sobremesa bolo com sorvete...hummmmm... que ideia boa!

À tarde trabalho no ateliê enquanto assistia a aula da Fá Giandoso, foi bem legal e minhas costuras renderam.
Amanhã tem mais aula com ela ao vivo na eduK , se Deus quiser vou acompanhar a continuar trabalhando em mais um projeto.


Amo muito tudo isso!

Deus, obrigada por este dia!

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Bolo de Cenoura com Maçã

Faz muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiito tempo que não posto nada aqui, vida corrida, muitas coisas acontecendo e tem mesmo faltado pique, mas hoje fiz um bolo diferente e vim deixar a dica.

Tinha uma maçã enorme na geladeira, daquelas que não são tão crocantes, então resolvi procurar no Dr Google...rsrsrs uma receita que também tivesse cenoura, achei algumas e escolhi esta.
Bem, mas 3 xícaras de far. de trigo seria um bolo enorme, então parti dela e fiz minhas adaptações, ficou assim:

Misturei bem numa vasilha:
- 2 xic de farinha de trigo integral
- 2 xic de acúcar
- 1 colh (sopa) caprichada de fermento
- 2 colh de canela em pó
Reservei.

Bati no liquidificador:
- 3 ovos
- 3/4 xícara de óleo
- 2 colheres de aveia
- 1 maçã grande picada com casca
- 2 cenouras médias
Bater muito bem, despejar sobre os ingredientes reservados e misturar também muito bem.
Levar ao forno médio por aproximadamente 40 minutos em forma untada com margarina e enfarinhada.
Bem, fiz teste do palito, desliguei e deixei dentro do forno até amornar.

Ficou muito bom, acabamos de comer acompanhado de um cafezinho.

domingo, 23 de junho de 2013

Retalhos e bolos, que delícia!!!

Nossa, faz muito tempo que não venho contar nada aqui no blog, a vida anda movimentada, muitas coisas boas acontecendo, bastante trabalho, graças a Deus e as horas são poucas pra dar conta de tudo, mas agora resolvi escrever sobre duas coisas que estiveram presentes esta semana de entrada de uma nova estação, o inverno, amo este tempo de frio.

Bem, parece que são duas coisas que não tem nada a ver uma com a outra, e talvez não tenham mesmo, mas elas tem em comum o fato de levar carinho através da simplicidade e isto é bom demais!

Quantas vezes estamos achando que precisamos realizar grandes coisas, talvez ter dinheiro ou esperar chegar aquela data tão aguardada para viver algo especial, quantas vezes!

Tá, ok, existem mesmo em nossas vidas momentos que são únicos e muito especiais, são sonhados, planejados e quando são vivenciados nos realizamos.

Mas meu foco nesta postagem, está no dia a dia, na simplicidade daquilo que temos nas nossas mãos hoje e que pode ser instrumento para abençoar as nossas vidas e a vida de tantas pessoas.

Esta última semana valorizar estas pequenas coisas do dia a dia foi bom demais.


Em meu trabalho no ateliê vão sobrando muitos pedaços coloridos, alguns pequenos demais, outros bem irregulares, mas eu amo trabalhar com estes pequenos pedaços, na junção deles surgem peças únicas com cara de patchwork do tempo da bisavó, sim, minha bisavó fazia colchas e toalhas juntando retalhos que sobravam das costuras da alfaiataria do meu bisavô.
Eu não os conheci pessoalmente, mas creio que herdei dela este talento especial e também tinha herdado uma linda toalha de mesa feita com capricho que infelizmente eu perdi em meio a muitas outras coisas que foram levadas em um assalto sofrido há anos, uma pena, mas não quero ficar presa a isto, quero mesmo é agradecer muito a Deus pelo talento que herdei e que hoje me faz tão feliz quando trabalho com minhas mãos.

No mosaico acima várias peças feitas com scraps - retalhos pequenos de tecido.

Nesta semana parei por dois dias para reorganizar estes retalhinhos, fui separando, passando, recortando e ainda terei, se Deus quiser, mais uma tarde pra organizar os de cores vermelha, azuis, brancas e pretas; depois de tudo reorganizado poderei continuar produzindo peças feitas com carinho pelo ateliê "Cantinho da Aracy"

E, nas pausas entre uma cor e outra, um e outro corte faço intervalos pra descansar o corpo, curtir o maridão e vez ou outra preparar algo gostoso e prático para momentos ao redor da mesa e os bolos tem sido presentes pois são ótimos pra acompanhar aquele cafezinho numa tarde fria não acham?

Esta semana fiz dois e os dois tem marcas especiais de pequenos carinhos do dia a dia que tornam a vida muito boa.

Bolo de Banana com aveia no liquidificador
Algumas vezes nossa vizinha Carminha, amiga querida, tem repartido conosco coisas que traz do sítio, veja só que especial, morar na região urbana de São Paulo e receber estes presentes, isso é manifestação da graça e do amor de Deus parar conosco; então somos surpreendidos com verduras fresquinhas e bananas muito doces, isto aconteceu mais uma vez esta semana, eram muitas bananas e estavam maduras, comemos algumas e fiz este bolo com as outras.

Vou repartir a RECEITA - uma adaptação de outra que peguei na Internet:
BOLO DE BANANA COM AVEIA
Bata no liquidificador 2 bananas picadas, 3 ovos, 1/2 xícara de leite, 1/2 xícara de óleo, 2 xícaras de açúcar, 1 xícara de far. de trigo, 1 xícara de aveia em flocos, 1 colher (sopa) rasa de fermento e canela em pó a gosto.
Corte mais 4 bananas em rodelas, despeje sobre elas a massa batida no liquidificador e misture encorporando as bananas cortadas à massa. Despeje em forma de furo untada e enfarinhada e leve para assar em forno pré-aquecido por mais ou menos 40 minutos.

Ah! Foi tão bom, pudemos buscar a neta na escola e ela se deliciou conosco.

Bolo prático de laranja 
Já na sexta feira, final do dia, fiz este bolo de laranja, estava super animada pois iria receber duas primas muito queridas, que não via há tempos para o café da manhã, tínhamos marcado sem grandes planejamentos anteriores e passamos uma manhã deliciosa de muito carinho.
Muito bate papo regado a café com leite, pão de queijo e bolo, quer mais??? Estava tudo de bom!

No começo da semana tínhamos ganho laranjas que vieram da chácara do meu cunhado, estavam azedas pra chupar, mas ótimas pra suco, bolo ou doce.

Vou deixar a RECEITA também adaptada de outra achada nos meios virtuais...rsrsrs
BOLO PRÁTICO DE LARANJA
Numa vasilha grande misture bem:
2 xícaras de açúcar
2 1/2 xícaras de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento
Reserve.
Bata muito bem no liquidificador 3 ovos, 3/4 de xícara de óleo e os gomos de 3 laranjas (tire as sementes e os excessos de parte branca)
Despeje o creme de laranja sobre os ingredientes secos e misture até ficar bem homogêneo.
Coloque em forma untada e enfarinhada e polvilhe por cima da massa, antes de assar açúcar refinado.
Leve para assar e depois de pronto é só servir no lanche ou café da manhã.

Ah! Se quiser me chamar estou à disposição...rsrsrsr

Retalhos pequenos e bolos preparados com carinho para momentos simples, mas muito especiais... que delícia!

"Grandes coisas faz o Senhor por nós, por isso estamos alegres"




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...